Our first day

sexta-feira, março 03, 2017



Hoje acordámos às 6:20. Preparei-me a mim e preparei-te a ti. Às 7:20 já saia de casa, sabendo que não estaria contigo nas próximas horas - não presencialmente, mas em pensamento, ah, aí eu nunca te deixei! Na aula, aprendi o básico para criar uma página de internet, enquanto alguém em quem confio cuidava de ti. Até então, não sabia ser possível concentrar-me tanto em duas coisas tão diferentes. O professor explicava o HTML: os links, os textos, as imagens; e eu recebia fotos tuas que, ao mesmo tempo, me acalmavam e me faziam sofrer de saudades. Enquanto digitava os meus códigos, perguntava se estavas bem e só te queria abraçar. Quase pensei em desistir para poder ser eu a cuidar de ti sempre! Sei que é loucura, pois preciso dar-te um bom futuro, mas na hora de almoço questionavam a minha decisão de te deixar aos cuidados de outra pessoa tão cedo. Mas não é o dia inteiro, mas não são todos os dias... Quis responder que não me podia dar ao luxo de ir estudar mais tarde, que quanto mais cedo começar, mais cedo termino, e mais cedo poderei te dar tudo o que necessitas (e mereces). Que hoje é por ser cedo, que amanhã é por ter medo e por não quereres ficar longe de mim e que daqui a uns anos é por já ser tarde. Não vou adiar, por 4/5 horas que farão a diferença - sei que vais entender e é só isso que eu preciso. Depois, corri para casa, mas estava vazia e eu senti-me vazia como a casa. Tive que me distrair, apesar do cansaço, tive que fazer alguma coisa para não pensar que não te podia pegar ao colo - ainda! Alguns minutos depois, lá estavas tu a chegar com o papá, e eu corri para a porta. Finalmente!
É, hoje foi um dia diferente de tantos que já passaram, mas semelhante a muitos que virão. É o melhor para nós, eu sei, e o papá também sabe, e quem não entende também não precisa entender. As manhãs serão difíceis. Já as tardes, essas eu prometo que serão nossas apenas.

-written by Inês M.

You Might Also Like

11 comentários

  1. Incrível Inês. Adorei ler este texto bem real e intimista e percebi cada angústia. Vai valer a pena, é tudo o que te posso dizer! Força. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada :) Palavras de incentivo é mesmo o que preciso ouvir!
      Beijinhos.

      Excluir
  2. Acho que por muito que te custe fazes muito bem em apostar no futuro, principalmente agora que não se trata só do teu.
    Que tenhas muita sorte.

    www.acasadabrancadeneve.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, é importante pensar no nosso futuro.
      Obrigada!
      Beijinhos.

      Excluir
  3. Nem imagino o quão difícil terá sido para ti, mas acabares os estudos é também muito importante. Força porque vais conseguir. :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É preciso escolher e eu espero ter feito a melhor escolha :)
      Obrigada :)
      Beijinhos.

      Excluir
  4. Apostares no teu futuro é muito bom também para ela :) Eu estudo redes e sistemas informáticos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acredito que sim :) Eu estudo Computação, que acredito que seja bem parecido.
      Beijinhos.

      Excluir
  5. Que texto tão bonito <3. Vais ver que vai valer a pena todo o esforço, ao garantires um melhor futuro para ti também estás a garantir um melhor para ela. Bom estudo :).
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderExcluir
  6. Que bonito (= sinceramente, acho que fazes muito bem, tens que pensar no teu futuro e da tua bebé (;

    ResponderExcluir
  7. Oh minha querida, agora que tenho o meu pequenote junto de mim compreendo cada palavra tua. Mas tenho a certeza que um dia ela vai perceber que só fizeste o melhor para ambas. E como dizes umas horas não vão fazer mal a ninguém, apesar de acreditar que custa imenso.

    ResponderExcluir

Obrigada pela tua opinião. Ela é muito importante!

Subscribe