Book Review - "O Amante Japonês", de Rani Manicka

sexta-feira, setembro 23, 2016


Agora que tenho bastante tempo livre, uma das coisas que mais tenho feito é ler livros. Este é um dos que acabei recentemente e deixo aqui a minha opinião sobre ele.


SINOPSE:
Parvathi é uma sonhadora. Mais do que tudo, deseja amar - e ser amada - sem restrições. Mas o pai tem para ela planos que incluem um casamento arranjado com um desconhecido. Ele é um viúvo rico da Malásia, para onde a jovem será obrigada a partir. Recém-chegada a uma terra desconhecida, vê-se a braços com a fúria do marido. É que o pai de Parvathi enganou-o, enviando-lhe a fotografia de uma rapariga diferente… e mais bonita. Mas, lentamente, marido e mulher chegam a um entendimento. Ela é uma esposa dedicada mas vive um casamento sem paixão. No seu íntimo, continua a sonhar. O mundo à sua volta está em convulsão, e a sua própria vida rapidamente mudará também: o marido morre e a Malásia é invadida pelo Japão. Para salvar a dignidade da enteada, Parvathi aceita entregar-se todas as noites ao general japonês que lhe ocupa a casa. Será desta forma inesperada que conhece pela primeira vez a paixão. Gradualmente, o seu inimigo de morte transforma-se no amante por quem sempre ansiou… Povoada de mitos e magia, esta exótica saga familiar é um retrato inesquecível da história recente da Malásia e um hino ao poder do amor incondicional.

MINHA OPINIÃO:
Identifiquei-me muito com a personagem principal, a Parvathi, no sentido em que ela procurava um amor sem limites. Desde o início que torci para que ela o conseguisse encontrar. O percurso de vida dela não foi dos mais felizes, e uma das grandes lições que retirei disso foi que a riqueza material não traz felicidade por si só. Acho que ter conhecido Maya, que não foi certamente uma coincidência, foi das melhores coisas que lhe aconteceram, pois as duas tornaram-se amigas inseparáveis. A amizade delas é das coisas mais bonitas da história. O que me deixou mais triste foi, sem dúvida, o final, pois eu acreditei sempre que a promessa do general japonês seria cumprida (não vou dizer qual é a promessa, já dei spoilers suficientes). Talvez por eu andar numa fase extremamente sensível, não consigo lidar com finais como o deste livro sem derramar algumas lágrimas. No geral, gostei muito do livro, a minha vontade de o ler foi aumentando conforme me aproximava do final e não o achei nada previsível - tive várias surpresas (nem todas boas, mas enfim). Recomendo a leitura, embora tenha visto vários reviews negativos, da minha parte eu daria 4 de 5 estrelas. Por fim, deixo-vos com o meu excerto favorito do livro:

"Nunca a rapariga sentira pelo omnipotente deus-elefante mais do que um vago receio, e em vez disso, dedicara toda a sua devoção àquele insignificante animal de bronze. Mais incompreensível ainda, nunca rezara a pedir um bom marido e uma família, mas sim o maior amor do mundo, alguém que sem hesitar pusesse a mão no fogo por ela. Não que quisesse que morresse, claro, apenas que estivesse disposto a isso. (...) Talvez este pensamento se lhe tivesse fixado na cabeça quando certa tarde abrira a porta a um mendigo que lhe sorrira com um ar sabedor e perguntara:
- Que fazes tu aqui, minha filha, quando a tua alma grita por ele? Depressa, deseja-o, deseja esse amor sem limites para o qual não há separação nem ausência, porque Deus concede todos os desejos sinceros."
Que posso dizer, sou muito romântica... Este amor sem limites acaba por não ser exatamente o que ela espera, o que para mim se tornou um pouco decepcionante, mas não necessariamente o será para outras pessoas que leiam este livro.

Espero que tenham gostado e que vos tenha deixado com alguma curiosidade sobre este livro.

You Might Also Like

15 comentários

  1. Fiquei tão curiosa com este livro... Vou tentar encontrá-lo na biblioteca.
    Obrigada pela dica. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que consegui deixar-te curiosa.
      Espero que encontres e gostes de o ler :)
      Beijinhos.

      Excluir
  2. Não faz muito o meu género mas parece ser uma boa historia!

    Beijinhos, Hellen
    http://instantesimprovaveis.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Fiquei super curiosa pá!!! Acho que não conhecia o título mas vou ver se o junto à minha lista :p

    With love, Miss Melfe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que seria uma boa adição à tua lista :)
      Beijinhos.

      Excluir
  4. Eu adoro a cor preta em conjuntos, não consigo evitar! ^^

    ResponderExcluir
  5. Adoro ler e esta parece-me ser uma óptima sugestão. Quem sabe um dia não me cruzo com este livro e não o compro! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que não te irias arrepender :)
      Beijinhos.

      Excluir
  6. Respostas
    1. Que bom, é um livro um pouco diferente do que estou habituada a ler, mas vale a pena :)
      Beijinhos.

      Excluir
  7. Também fiquei curiosa...falta-me é o tempo!!! Não há desculpa eu sei, mas à noite se começo a ler um livro caio para o lado. Estou assim...terrível:)
    Beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que pena... Quando estudava e trabalhava também andava assim, mas agora que tenho que estar em casa, não dispenso uma boa leitura antes de dormir :)
      Beijinhos.

      Excluir
  8. Obrigada ^^
    Irei trazer. :3
    Porque não tentas escrever um livro ? ^^

    amelhoramigadototoro.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escrever um livro é um dos meus objetivos... Talvez um dia eu consiga concretizá-lo :)
      Beijinhos.

      Excluir

Obrigada pela tua opinião. Ela é muito importante!

Subscribe