Pregnancy #6 - 21 semanas e revelação oficial

quinta-feira, junho 16, 2016



O tempo tem passado extremamente depressa, e já passei uma semana da metade da gravidez, totalizando 21 semanas!!!

Durante esta e a semana passada, várias pessoas da universidade foram descobrindo esta novidade e as reações, no geral, surpreenderam-me.

Como já disse antes, não pretendia esconder ou mentir sobre isso, mas também não queria andar a contar a toda a gente. Se as pessoas descobrissem, o que não era difícil, seria melhor; tanto que eu dei várias pistas. A única pessoa que descobriu por dedução contou para outras pessoas. É claro que alguns devem ter desconfiado, mas foi graças a ele que muitos tiveram a confirmação. Eu agradeço-lhe, pois já estava na altura de se saber, e eu simplesmente não encontrava a forma certa de contar, nem sabia por quem começar.

Sei que alguns devem estar a pensar que eu sou louca (mais do que já achavam) e que deveria ter esperado e, vocês sabem, todas aquelas coisas que as pessoas pensam quando uma mulher engravida cedo. Mas eu tenho percebido que não me devo comparar a ninguém, e que cada uma tem o seu ritmo. Sim, casei e engravidei mais cedo do que é considerado normal, mas levo uma vida tranquila, sem grandes percalços e com muitas alegrias - não é isso que importa? Assim como há mulheres que decidem engravidar aos 40 anos e eu não vejo problema algum nisso.

Além disso, conversei com a esposa do meu professor de Matemática, que disse algo com o qual concordo: não há o "momento certo". Agora é a universidade, depois é o trabalho, o mestrado, o doutorado... Há sempre alguma ocupação que teremos de interromper por algum tempo. Tal como eu, ela teve o primeiro filho quando estava na universidade, e não tinha família perto para ajudar a cuidar dele. Hoje descobri que eles vão ter outro filho e fiquei muito feliz por eles!

Enfim, agora falando da minha semana... Melhorei, mas ainda sinto dores, tipo pontadas, na barriga.
Confesso que, na semana passada, comi muita coisa pouco saudável, porque fui a um evento onde serviam esse tipo de comida (quem é que desperdiça comida grátis?).

Tenho andado um pouco desanimada com algumas coisas (pergunto-me se são as hormonas), porém comecei a sentir-me melhor e percebi que as pessoas têm sido muito amáveis comigo. Este baby já tem vários "tios", ou pelo menos aqueles que se autodenominam como tal. As reações a esta notícia foram muito boas, recebi vários abraços, parabéns sinceros (outros talvez nem tanto) e pessoas dizendo que sentirão a minha falta enquanto eu estiver por terras lusitanas. Essas pessoas não fazem ideia como esses simples gestos me deixam feliz.

Em relação ao bebé, está do tamanho de uma cenoura e as sobrancelhas e pálpebras estão a formar-se. Voltarei com mais novidades na próxima semana, quando fizer a ecografia morfológica. Estou ansiosa, mas não vou criar grandes expectativas, pois, como sabem, da última vez nem tudo foi como esperava.

Tendo a perfeita noção de que me estendi muito e pedindo desculpas por isso, despeço-me e espero que tenham gostado!

You Might Also Like

10 comentários

  1. Tens toda a razão, cada um tem um seu tempo e o que importa é que sejas feliz. Penso que seja normal teres mudanças de humor e sentimentos diferentes do habitual pois as tuas hormonas estão lá nos píncaros! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes estou super feliz e de repente fico triste, além de ficar emocionada com qualquer coisa. Devem ser mesmo as hormonas.
      Beijinhos :)

      Excluir
  2. Eu acho que as pessoas devem ter filhos quando realmente sentem que querem, eu quero muito ser mãe, mas oiço sempre que tenho de esperar até ter isto ou aquilo, mas eu não concordo, pois daqui a uns anos posso estar nas mesmas condições que agora, ou pior, nunca se sabe e vou-me arrepender de não ter tentado engravidar antes. Eu ando a tentar pois acho que já não faz sentido esperar mais...
    Quanto a ti, espero muito que tenhas uma gravidez optima e que esse bebe venha com muita saude.
    Aproveita essa dadiva, pois deve ser das melhores sensações do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazes muito bem, esse é um assunto muito pessoal e não deves deixar que a opinião das pessoas se torne a tua. A decisão é somente tua (ou do casal, se for o caso). Espero que consigas o que desejas, e vais ver como é maravilhosa a fase da gravidez :)
      Obrigada!
      Beijinhos.

      Excluir
  3. Estou a adorar acompanhar cada passo:) Vou continuar por aqui:)
    Beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz por saber isso :) Obrigada.
      Beijinhos.

      Excluir
  4. Também concordo que não há momento certo. Neste momento tenho duas grandes amigas grávidas e sei como te sentes. Mas como lhes disse a elas, os "tios e tias" que o bebé já tem vão ser um enorme suporte =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, o mais importante é que a criança tenha muito amor e não lhe falte nada :)
      Beijinhos.

      Excluir
  5. Confesso que me senti meio perdida porque sou nova aqui no blog então não "te conheço" :p
    Mas ainda bem que as reacções foram boas e isso de ser cedo ou não só o casal é que sabe, depende da sua vida pessoal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, basicamente este post foi para falar um pouco sobre a minha semana de gravidez (estava nas 21 semanas) e, de certa forma, um desabafo/opinião. Se tiveres perguntas específicas, ficarei feliz em poder respondê-las :)
      Espero que estejas a gostar do blog e sê bem-vinda. Obrigada :)
      Beijinhos.

      Excluir

Obrigada pela tua opinião. Ela é muito importante!

Subscribe