Chile, 2015

segunda-feira, janeiro 11, 2016

Nunca tinha considerado o Chile como um país interessante para visitar e, como tal, não estava de todo nos meus planos conhecê-lo. Só que, de vez em quando, coisas inesperadas acontecem e um dia o meu hubby chegou a casa super entusiasmado porque um casal de amigos tinha nos convidado para ir com eles até o deserto do Atacama, no Chile. Sendo eu uma amante de viagens, nem hesitei. No entanto, nós não fomos com eles (até porque eles queriam ir de carro, o que demoraria uma eternidade, e não tinham planos de passar pela capital - Santiago). Fomos de avião, ficámos alguns dias em Santiago, e partimos de bus para o Atacama. O que achei da viagem?


Santiago


Uma cidade maravilhosa! Só tinha ouvido opiniões positivas de pessoas que já lá tinham ido, mas só quando vi com os meus próprios olhos percebi a beleza da cidade. Considero que o mais importante para formar uma opinião sobre algum lugar é o povo, e no geral os habitantes de Santiago são bem-educados, simpáticos, prestáveis e honestos, pelo que pude observar, o que me transmitiu uma boa impressão do lugar. Para além disso, o clima é seco e não choveu durante a minha estadia em Santiago (pelo contrário, no Brasil chovia a potes todos os dias). A organização da cidade e os inúmeros lugares lindos que é possível visitar deixaram-me maravilhada. Super recomendo!

Atacama


Apesar de ter tido experiências não tão boas (devido a vários fatores), acho que fui recompensada com as lindas paisagens que o deserto oferece. Acredito que não tem como não ficar maravilhada com o deserto do Atacama e todas as formas de relevo que lá estão presentes. Sem dúvida que o melhor passeio que fiz lá foi o dos Geysers. É o único lugar onde passei frio, devido à elevada altitude, mas não tanto quanto imaginei. Tive a infelicidade de me deparar com uns portugueses que me fizeram ter vergonha de compartilhar a nacionalidade com eles. Tirando isso, tudo foi bom. Experimentei espeto de llama, o que, surpreendentemente, gostei bastante. E principalmente, vi geysers pela primeira vez! Visitar o deserto do Atacama é uma experiência boa, mas não acho necessário ficar mais do que 3 ou 4 dias (até porque o clima, para quem não está habituado, pode causar algum mau estar).

Por fim, devo dizer que esta viagem foi das que mais me surpreendeu positivamente. Conheci lugares lindos, pessoas legais que partilharam comigo a sua história, e enriqueci-me, porque a viagem tem esse poder fantástico.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Que sorte! Morar no Rio de Janeiro deve ser perfeito!
    E essa viagem pareceu-me super divertida, eheh :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade o que eu quis dizer é que moro no Brasil, mas nunca fui ao Rio de Janeiro. Está nos meus planos de viagem :) Conheço pessoas que já foram e adoraram.

      Excluir
  2. Quem me dera poder ir ao Rio de Janeiro :)
    beijinhos!

    http://fifoquices.blogspot.pt

    ResponderExcluir

Obrigada pela tua opinião. Ela é muito importante!

Subscribe