A influência de um bom professor

sexta-feira, janeiro 29, 2016


Se no post anterior vos falei de ensinar, hoje vou falar sobre aprender. Não acho que sejam, de todo, opostos, mas sim que se complementam.


Eu gosto imenso de ensinar e fico muito feliz quando algum aluno diz que gosta das minhas aulas e mostra interesse, é uma sensação muito boa. Como tal, também eu gosto e admiro bastante alguns dos meus professores. O melhor professor que já tive, e que mais admiro, é o meu prof de Matemática. Eu nunca gostei muito de Matemática, mas depois de assistir às primeiras aulas na universidade, passei a adorar! Sim, pode parecer estranho, mas uma das minhas paixões hoje é a Matemática. Não posso afirmar com certeza, mas acredito realmente que não poderia dizer o mesmo se não tivesse tido a sorte de ter um professor tão bom. Eu gosto muito da forma como ele explica, acho que torna tudo muito mais simples, porém, mesmo que eu não entenda alguma coisa, é fácil achá-lo no gabinete. É o tipo de docente que não se importa de passar a tarde inteira tentando explicar algo, pois o que importa é que o aluno consiga entender. Sabe a dose certa de brincadeira e seriedade, e o momento para cada uma. Já tive a oportunidade de dialogar com o meu professor sobre diversos outros assuntos, para além da Matemática, e acho-o super inteligente. Infelizmente, vai deixar de ser meu professor, e sei que as aulas de Matemática não serão a mesma coisa. Alguns dos meus colegas partilham da minha opinião. Contudo, os ensinamentos que me transmitiu (e acredito que aos meus colegas também) nunca serão esquecidos.

E vocês, têm algum professor que admiram?

You Might Also Like

41 comentários

  1. Tive um professor de Português chamado Luis que dava aulas tão mas tão interessantes que quando a aula iniciava parecia que passavam 5 minutos e já estava a acabar. O tempo passava tão depressa que é dificil de se explicar. Entrava noutra dimensão a ouvir as interpretações dele, a forma como falava, a paixão com que ensinava. Até hoje e já lá vao 14 anos...ainda me marca muito e me faz ter um olhar e percepção diferente sobre tudo!!!
    Adorei este post. Muito tocante!
    beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem do que falas. Quando temos professores assim, a aprendizagem torna-se tão interessante, não é? :)
      Obrigada pelo comentário.
      Beijinhos

      Excluir
  2. Como este texto diz toda a verdade!! Tenho um prof de Direito Administrativo que adoro! Além de fazer lembrar o meu falecido avô, tem uma cultura de outro mundo! Foi uma cadeira que adorei fazer por causa dele :) Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom ter professores assim :)
      Obrigada pelo comentário.
      Beijinhos

      Excluir
  3. Quando temos bons professores ficamos apaixonados por o que eles dizem, passamos a adorar o que achávamos não gostar. Os professores têm muito impacto... E do lado negativo é a mesma coisa, também podemos deixar de gostar de uma disciplina por causa de um determinado professor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, os maus professores também podem tornar uma aula desinteressante.
      Obrigada pelo comentário :)
      Beijinhos

      Excluir
  4. Tenho professoras que me marcaram bastante e que nunca vou esquecer. Principalmente uma que sempre se preocupou com os seus alunos, tanto na sala de aula como fora. Já estou a seguir o blog ;)
    Beijos

    http://nailsbyanas.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tão bom ter professores assim :)
      Muito obrigada :)
      Beijinhos

      Excluir
  5. Sem duvidas tive vários e eles me ajudavam bastante, não desistiam de mim e sempre me empurravam para frente.
    Beijos
    Me visita
    blogueirasara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom ter professores assim!
      Passei no teu blog e adorei.
      Beijinhos

      Excluir
  6. AAA I am in love with your blog, thanks for sharing.

    follow for follow?:)

    xoxo
    www.theclosetelf.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I'm glad you like it :)
      Thanks for the comment.

      Excluir
  7. No meu 3º ciclo (7º, 8º e 9º anos), tive uma professora de Matemática de quem ninguém gostava. Achavam-na má e muito exigente. Eu própria não gostava muito dela... mas agora vejo a forma como ela me marcou. A forma como ela nos dava as aulas, a pontualidade que nos era exigida, a rapidez na resolução de exercícios, o perfecionismo que não podia faltar na resolução dos exercícios, e até a arrogância dela quando fazíamos alguma coisa mal. Acho que tudo isso me fez crescer, e enfrentar o secundário (e até a faculdade!) com outros olhos. Sou sempre pontual, para tudo, e até na resolução de problemas sou rápida. Ainda hoje sou muito perfecionista, gosto de tudo muito bem tratado, arrumado e no sítio. Quanto à arrogância... isso fez com que me habituasse à arrogância do mundo.

    E eu só me apercebi que ela era assim para o meu bem quando, no dia em que fui inscrever-me para o secundário, ela pediu à minha diretora de turma para falar comigo... queria dar-me os parabéns pela nota do exame, e dizer-me que fui a melhor aluna que tinha tido. E, no entanto, eu sentia sempre que não fazia nada de jeito... e queria sempre fazer melhor, para provar que ela estava errada. Ainda hoje sou assim :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que história fantástica. Eu também tive uma professora parecida, marcou-me bastante também. Ainda bem que existem professores assim :)
      Obrigada pelo comentário e por partilhares a tua história :)
      Beijinhos

      Excluir
  8. Adorei o texto! Infelizmente sinto que não me posso identificar com ele, contudo no meu primeiro ciclo mas apenas no 3º e 4º ano, tive uma professora, muito simpática, divertida e prestável, porém em termos de ensinar a matéria faltava-lhe "jeito", mas ensinou-me a mim e aos meus colegas a sermos humanos, portanto generosos, humanistas e divertidos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já é alguma coisa :)
      Obrigada pelo comentário
      Beijinhos

      Excluir
  9. Gostei do post
    Muito obrigada pela visita volta sempre adorei
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia
    Facebook

    ResponderExcluir
  10. adorei o post flor, ninguém lembra da importância dos professores e eles são fundamentais no crescimento profissional de qualquer um!
    mil beijos ♥

    dicasdagabibrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem verdade isso :)
      Obrigada pelo comentário
      Beijos

      Excluir
  11. Tive uma professora de português que foi um exemplo fantástico de como deve ser uma professora. Exigente, muito exigente, mas com o dom do ensino =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser exigente é bom :)
      Obrigada pelo comentário
      Beijinhos

      Excluir
  12. Oi, Inês! Te entendo perfeitamente! Tive um professor no ano passado de matemática incrível! Me ensinou muito mais do que a matéria da sala de aula. Peguei o link do seu post e enviei para ele! :) Beijos <3 http://gostosdeadolescentes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Fico muito feliz, e espero que seu professor goste :)
      Beijos

      Excluir
  13. A minha prof de Ciências deste ano e a prof de geografia do ano passado sem dúvida nenhuma que são profs fantásticas!
    Gostei do post!
    Passa no meu blog, nomeei te para uma tag...

    http://amiudablogger.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostaste :)
      Obrigada pelo comentário.
      Beijinhos

      Excluir
  14. Neste momento estou no primeiro semestre da faculdade do primeiro ano e ando a conhecer ainda os professores, aqueles que admiro ainda não consigo dizer, mas aqueles que não consigo vê-los nem os consigo ver pintados já sei, enfim!
    with love, KATE ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim, sempre há esses professores, infelizmente também tenho alguns assim.
      Obrigada pelo comentário :)
      Beijinhos

      Excluir
  15. Muito obrigada pelo teu comentário :) E agradeço-lhe ainda mais por me ter corrigido. Sempre adorei Inglês e tenho uma paixão enorme por falar em Inglês no meu dia-a-dia. Ultimamente, confesso que me assusto com alguns erros que vou dando por falta de prática. Mas é bom aprender, sempre. Melhor, é genius. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que não tenhas levado a mal :) Como dou aulas de inglês, corrigir já é meio automático haha. Mas pelo que vi noutros posts teus, o teu inglês é muito bom.

      Excluir
  16. Um professor muda tudo, principalmente da faculdade quando as cadeiras (pelo menos no meu curso) são densas e difíceis de entender, a maneira como um professor explica muda tudo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muda mesmo. Já quase reprovei em duas cadeiras, as duas diferentes, mas dadas pelo mesmo professor. Coincidência? I don't think so :)
      Beijinhos

      Excluir
  17. O papel dos professores é mesmo muito importante na aprendizagem. Todos nós já tivemos professores maus, mas também já tive a sorte de ter professores bastante bons!

    Na faculdade tive um professor de estatística que era óptimo, no final do semestre disse-lhe que ele devia leccionar as minhas outras cadeiras de matemática xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu disse o mesmo ao meu professor haha. É pena que eles não são nossos professores para sempre... Mas aprendemos muito com eles.
      Beijinhos

      Excluir
  18. O meu stor de Matemática do secundário é, e sempre será, o meu maior modelo a seguir! Ainda hoje trocamos mensagens, fazemos jantares e é a ele que recorro quando preciso de força extra no que toca à licenciatura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Podem surgir grandes amizades de professores que admiramos.
      Beijinhos

      Excluir
  19. Tive uma professora de português no ensino básico. No ensino secundário tive alguns, o meu professor de história, a de filosofia e a de inglês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ótimo ter professores bons :)
      Beijinhos

      Excluir
  20. Sempre tive bons professores, maioritariamente. E recordo-os todos com uma enorme saudade e admiração, eram muito mais que professores, faziam a sua missão de ensinar com uma ligeireza tal que as aulas eram dadas por um amigo, por alguém em quem conseguíamos confiar. Um que tenho muitas saudades foi o meu dt do quinto ano, lembro-me que no nono ano (passados 4 anos de não ser meu professor) eu e uma amiga precisamos de ajuda para resolver um assunto de uma amiga e foi a ele que recorremos.
    Beijinho. :)

    ResponderExcluir

Obrigada pela tua opinião. Ela é muito importante!

Subscribe